Buscar
  • Cemusical

5 MOTIVOS QUE TE IMPEDEM DE TOCAR

Atualizado: Jun 30

"Como uma indústria, não temos problema em atrair novos interessados. Temos problema em retenção de membros".

A frase que você acabou de ler foi dita por Andy Mooney CEO da Fender, em uma de suas entrevistas.


O empresário vai além e diz que o problema enfrentado pelas produtoras de guitarra não é a falta de interesse das pessoas em adquirir um instrumento e sim o abandono repentino. Segundo ele 90% das pessoas que começam a aprender um instrumento desiste em menos de 1 ano.


Pensando nisso e também por já ter presenciado essa situação inúmeras vezes nesses mais de 20 anos como professor. Resolvi listar aqui os 5 motivos que te impedem de tocar.



1 – NÃO TENHO TALENTO E NÃO NASCI PRA TOCAR


Esse é o clássico, já ouvi isso tantas vezes que até perdi as contas. Veja, não acredito que talento tenha alguma coisa a ver com isso, claro que já tive alunos que tinham realmente mais facilidade em absorver o conteúdo, mas conversando com eles TODOS, vinham de uma família onde os pais ou parentes próximos tocavam alguma coisa.


Em casa desde pequeno ouviam música com os pais, ou seja, a música sempre esteve presente na vida deles mesmo antes de nascer.


Por outro lado tive e tenho alunos que possuem enorme dificuldade em entender e executar coisas aparentemente simples.

Esses por sua vez, não têm nenhum parente músico ou que toca mesmo que seja por hobby, também não tem o hábito de ouvir música em casa, e geralmente começou a tocar por ver algum amigo tocando e achou que seria legal saber também.


O curioso é que muitos dos meus alunos que tem facilidade acabam relaxando nos estudos por acharem tudo muito fácil, por outro lado os que têm mais dificuldades sabem que precisam se dedicar mais e com o tempo acabam superando os alunos que como dizem por aí tem “talento”.


Moral da história: Não existe essa de “talento”, existe dedicação, foco e disciplina.



2 – NÃO TENHO DINHEIRO PARA PAGAR AULAS


Esse é um ponto delicado, pois realmente vivemos em um país onde o salário é extremamente baixo e também aqui a música é tratada como supérfluo, hobby, dispensável.


Então claro que o fator financeiro contribui e muito para que as pessoas desistam de aprender um instrumento. (eu mesmo perco muitos alunos por conta desse fator).


Mas hoje devido à quantidade enorme de cursos tanto presenciais quanto online, já é possível encontrar uma realidade que se encaixe no seu bolso.


Vou dar alguns exemplos para te ajudar a decidir:


a) As escolas de música normalmente têm um plano quinzenal onde você receberá o mesmo conteúdo fazendo aulas a cada 15 dias, isso com certeza irá reduzir o valor da mensalidade.


b) Algumas escolas também têm um plano de aulas em grupo, onde você com certeza irá pagar bem menos do que em uma aula particular.


c) Aulas online são em geral sempre mais em conta do que aulas presenciais. Você pode optar por aulas via Skype ou Whatsapp, ou ainda comprar algum curso online, a vantagem desse tipo de curso é que você pode estudar no seu tempo e a hora que quiser, ele estará sempre disponível pra você.



Esse é um tipo de curso que vem crescendo muito e à medida que temos mais e mais cursos no mercado, os preços também vão ficando mais em conta.


São muitas opções, mas é preciso ficar atento para não cair em furada. Pesquise sempre o currículo do professor, onde ele estudou, qual metodologia ele usa, quais trabalhos já fez como músico e professor. Se possível converse com algum aluno ou ex-aluno dele para ter uma avaliação mais precisa.


Em se tratando de curso online veja se ele te dará um suporte em caso de dúvidas.

O importante é que esse não seja mais um fator que faça você desistir de aprender.



3 – ESTOU MUITO VELHO PRA ISSO


Essa é de lascar, muitos usam essa desculpa para largarem um curso, e por que digo isso? Porque a idade não tem nada a ver com as dificuldades que você irá enfrentar. Entendo que uma pessoa com digamos mais de trinta anos tenha um dia agitado, entre o trabalho, filhos, faculdade etc.


Mas como tudo na vida, estudar guitarra vai exigir dedicação e pra que você tenha essa dedicação é necessário ter organização.


Planeje seu dia para que você possa ter um tempo com a guitarra. Não importa se você pode estudar 15 minutos por dia, estude! Todo mundo pode ter ao menos 15 minutos para praticar, pratique todos os dias e sua evolução será mais rápida do que você imagina.


Veja nosso artigo sobre como se organizar para ter sucesso em seus estudos. Clique aqui



4 – ESTOU DEMORANDO MUITO PARA TER RESULTADOS


Sempre digo para meus alunos não se compararem com ninguém, pois isso óbvio que irá gerar uma certa frustração e desânimo.


A sua comparação dever ser feita com você mesmo, aí sim você irá notar que está evoluindo, se comparar com um músico experiente que já toca a muitos anos, não é nem de longe uma opção.


Também não caia naquele negócio de: “fulano faz aulas a 3 meses e já está tocando”. Tenha em mente que cada pessoa é única, umas terão mais facilidades do que outras, leve também em consideração quanto tempo você estuda por dia e se esse estudo está sendo feito com foco e determinação.


A grande maioria dos meus alunos que reclamam que não estão evoluindo, na real não estudam corretamente, não se dedicam, mas querem resultado. Não seja um desses.



5 – VOU APRENDER SOZINHO


Um dos erros mais cometidos e que gera enorme frustração é sem dúvidas o trauma causado por tentar aprender sozinho.


Muita gente começa a aprender vendo amigos tocando, pegando dicas aqui e ali, assistindo a vídeos no youtube ou lendo sites especializados.


Esse é um caminho perigoso para o iniciante, pois ao meu ver a internet é um grande self service, você pode pegar de tudo, sem critério e sem moderação. O que eu quero dizer com isso é que você fatalmente estudará sem organização.


Pegando um assunto ali outro lá e tudo sem base teórica. Quer um exemplo? Muita gente fica decorando desenhos de escalas, sabe os 5 modelos de penta, os 7 shapes dos modos gregos, mas não sabe em qual situação harmônica essas escalas se encaixam.


Na hora de improvisar ou criar um solo, esse conhecimento não vai servir pra nada. Muitos alunos chegam pra mim e dizem: “Professor eu não sei nada só toco pentatônica”.


Na real ele não sabe nem a penta, pois essa é a escala mais importante, serve pra tudo. Como seu estudo se baseou em decorar os modelos ele não sabe onde e nem como usar.

Se você quer aprender de verdade e evoluir, procure uma ajuda especializada.



Uma boa escola de música, um bom professor particular ou mesmo um bom curso online. Assim você irá aprender de forma organizada, sem pular etapas e com certeza sua evolução será muito mais rápida.


Espero ter ajudado e que você não pense em desistir, aliás, desista sim mas da idéia de desistir.


Continue firme em seus propósitos e lembre-se: “EVOLUIR NA GUITARRA SÓ DEPENDE DE VOCÊ”. Forte abraço a todos.



Luciano Vieira é músico profissional e professor de guitarra há 25 anos. Durante 10 anos foi colunista das revistas Guitar Player, Cover Guitarra e Guitar Class. É autor dos métodos Improvisando com a escala pentatônica, Pentatônicas além do blues, songbook Iron Maiden e 25 licks que todos os guitarristas usam. Também transcreveu os métodos Guitarristas do Brasil e Songbook Faíska Bend.

124 visualizações

1146682352

©2019 by Cemusical Cem. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now