Buscar
  • Cemusical

3 dicas que irão turbinar a sua palhetada

Atualizado: Ago 7

Ter uma boa palhetada é o desejo de todo guitarrista, mas sabemos que uma boa palhetada não cai do céu. Então o que podemos fazer para ter aquela palhetada dos sonhos ?


Vou listar aqui 3 dicas que com certeza irão deixar a sua palhetada tão afiada quanto uma navalha.


Dica 1 - Ação de corda e tipo de palheta


Por mais incrível que possa parecer uma boa palhetada começa pelo tipo de palheta escolhida. Faça testes para descobrir qual palheta se encaixa melhor na sua maneira de tocar.


Se você é um guitarrista que palheta muito forte, prefira palhetas mais grossas, pois as finas irão “entortar” com o ataque. Teste também palhetas de tamanhos diferentes.

Eu, por exemplo, utilizo a jazz III da dunlop, que é uma palheta bem pequena.


Palheta ao meu ver é algo bem pessoal. Escolha a que melhor atende suas necessidades como guitarrista. Outro fator importante para que se consiga uma boa palhetada é a ação das cordas, ou seja, a distância existente entre a corda e o braço da guitarra.


Perceba como os grandes “palhetadores” utilizam ação baixa de cordas, com a corda quase colada ao braço, isso ajuda a ganhar velocidade e também exige menos esforço das articulações e músculos da mão da escala (aquela que vai digitar as notas).



Dica 2 – Postura


A segunda dica tem relação com a postura da mão da palheta, evite tocar com a palheta totalmente reta, isso vai fazer com que ela acabe enroscando nas cordas.


Prefira angular um pouco a palheta para que apenas a ponta dela ataque as cordas. Faça uma leve dobra no seu polegar para que a palheta literalmente trave nos seus dedos e com isso você ganhe segurança e firmeza na execução sem ter que tensionar demais os músculos, o que causaria cansaço e dores a longo prazo.




Dica 3 – Movimentos Curtos


Essa com certeza é a dica mais valiosa de todas e que me fez evoluir em semanas o que demorei anos tentando. Certa vez estava vendo uma aula do Paul Gilbert em VHS e ele disse que o lance da palhetada é não afastar demais a palheta da corda.


Isso faz todo sentido pois, quanto mais longe da corda a palheta está mais tempo se perde no movimento. A grande sacada é utilizar o pulso ou os dedos (como faz o Edu Ardanuy), para realizar o movimento de palhetada.


Gravei um vídeo onde mostro todas essas dicas na prática e vou deixá-lo aqui em baixo, também vou deixar 3 exercícios para a prática da técnica de palhetada alternada.







Bons estudos e lembre-se “Evoluir na guitarra só depende de você”.


Luciano Vieira é guitarrista profissional há 20 anos, já foi colunista das revistas Cover Guitarra, Guitar Class e Guitar Player. É autor dos métodos Improvisando com a escala Pentatônica, Pentatônicas além do Blues e Songbook Iron Maiden. Recentemente lançou os métodos 25 licks que todos os guitarristas usam, o Curso Completo de Guitarra Cemusical e o curso Destravando a sua técnica.





154 visualizações

1146682352

©2019 by Cemusical Cem. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now